Av. das Araucárias, 5005 - Chapada, Araucária - PR, 83707-754

Categorias
Todos

25 DE MAIO – DIA DA INDÚSTRIA

Dia da Indústria é celebrado anualmente em 25 de maio.

Nesta data a homenagem é destinada aos espaços de produção de maior representação para as economias nacionais: as indústrias.

Também conhecidas como o “Setor Secundário” de um país, as indústrias podem abranger os mais variados tipos de mercados, desde os alimentícios até os de vestuário, por exemplo.

O Brasil começou a ser industrializado a partir do governo do presidente Getúlio Vargas, mas apenas com Juscelino Kubitschek as indústrias estrangeiras começaram a se instalar no Brasil, fazendo com que a economia do país aumentasse.

Atualmente, a indústria está intrinsecamente inserida nas sociedades globais, sendo impossível imaginar a vida contemporânea sem este setor.

Categorias
Todos

A Hora é de Solidariedade

A Hora é de Solidariedade
Nesse momento, em que o Brasil inteiro se mobiliza para ajudar o povo do Rio Grande do Sul, a AECIAR não pode ficar de fora.
Sabemos que muitas empresas já fizeram suas contribuições, porém a ajuda ao povo gaúcho continua.
Nesse momento, a solicitação mais urgente é por material de limpeza e higiene pessoal.
Mas todas as doações são bem vindas: água; alimentos não perecíveis; Roupas, calçados e cobertores (se forem usados, em bom estado de conservação); entre outros…
Contamos com a força da Indústria de Araucária!
Sua doação poderá ser entregue na sede AECIAR, que fica ao lado do bombeiro (Av. Das Araucárias, 5005).
Caso seja necessário, fazemos a retirada na sua empresa.
Desde já, gratidão em nome dos irmãos e irmãs que precisam.

Categorias
Todos

“Evento Mulher Segura”

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) através da Coordenação Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança (CECONSEG) realizou o  primeiro encontro dos ciclos de palestras a violência contra a mulher na noite de quarta-feira (10). O evento aconteceu no auditório da Aeciar em Araucária e contou com a participação gratuita de convidados.

O objetivo é conscientizar as mulheres e sensibilizar a sociedade araucariense sobre ocorrências no Município envolvendo a Lei Maria da Penha, abordando desde a violência doméstica até casos cujo desfecho é o feminicídio.

O secretário de segurança pública destaca a importância deste encontro como um fórum crucial para discutir e abordar a questão da violência contra as mulheres. Ele enfatiza que a violência de gênero é uma questão séria e urgente que requer uma resposta abrangente e coordenada por parte de todas as partes interessadas, incluindo autoridades policiais, legisladores, organizações da sociedade civil e a comunidade em geral.

“Evento como esse oferece uma oportunidade única para reunir especialistas, compartilhar melhores práticas e desenvolver estratégias eficazes para prevenir e responder à violência contra as mulheres. Além disso, a importância de sensibilizar o público sobre essa questão e fortalecer os mecanismos de apoio às vítimas”, acrescentou o secretário Hudson.

Por fim, o secretário enfatiza o compromisso contínuo de enfrentar a violência de gênero e trabalhar em estreita colaboração com todos os parceiros relevantes para garantir a segurança e o bem-estar das mulheres em todas as comunidades.

A presidente do Conseg de Araucária, Marilu Pinacor de Oliveira, enfatizou o compromisso neste enfrentamento contra a violência a mulher.

“Nosso objetivo é enfrentar a violência de gênero e trabalhar em estreita colaboração com todos os parceiros relevantes para garantir a segurança e o bem-estar das mulheres em todas as comunidades, não só de Araucária mas de todo o Paraná. Agradeço a iniciativa da secretaria da segurança pública em nos apoiar e estar presente aqui hoje com seus representantes”, ressaltou Marilu.

O encontro teve o apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e demais órgãos envolvidos, além de contar com a participação dos poderes Executivo e Legislativo municipal, bem como do Poder Judiciário e Ministério Público. As forças de segurança que atuam em Araucária, como a Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal, apresentarão os trabalhos que vem desenvolvendo na defesa das mulheres e no combate à violência doméstica, e os resultados já alcançados.

De acordo com Marilu do Conseg de Araucária, este encontro foi um momento importante para a mulher araucariense conhecer seus direitos. “Depois das apresentações e trocas de experiências de cada pessoa que falou aqui, uma grande corrente de solidariedade e uma rede de proteção e conscientização se formam, onde as mulheres serão a prioridade do encontro, e a pauta principal desse movimento”, disse.
(Fonte: SESP)

 

 

Categorias
Todos

ROTEIRO INDUSTRIA CONECTADA

No panorama atual da economia brasileira, marcado pela ascensão da
neoindustrialização, as indústrias estão se reinventando, impulsionadas pela
necessidade de competitividade, inovação e sustentabilidade. Nesse contexto, o
Projeto Roteiro Indústria Conectada, idealizado pelo Sebrae Paraná (Regional Leste),
emerge como uma iniciativa fundamental para promover a integração e o aprendizado
entre empresários de micro e pequeno porte e as indústrias de grande porte em uma
cidade específica.
Lançado oficialmente durante o Fórum Araucária de Inovação (21/09/2023), o Roteiro
Indústria Conectada foi promovido pelas governanças do ecossistema de inovação de
Araucária (EcoAR) e Metalmecânica de Curitiba e RMC. Após o lançamento, foram
realizadas visitas técnicas na Petrobras (21/09), CSN (19/10), Novozymes (16/11) e
AAM do Brasil (23/11).
2
A Governança Metalmecânica, em caráter exploratório, já havia utilizado a
metodologia do Roteiro nos encontros na RAC Engenharia (19/06), na Metalúrgica
Schwarz (03/10) e na Bosch (28/11).
O cerne desse projeto reside na realização de visitas técnicas, que não apenas
proporcionam um intercâmbio de conhecimentos entre os diversos agentes
econômicos, mas também estabelecem conexões valiosas para o desenvolvimento
sustentável e o aprimoramento das práticas empresariais locais. Ao unir empresários
de diferentes escalas, o Roteiro Indústria Conectada visa fomentar a sinergia entre as
empresas, impulsionando o crescimento econômico de forma colaborativa e inclusiva.
É inegável que, em um mundo cada vez mais conectado e orientado pela inovação, as
indústrias estão incorporando novas tecnologias e práticas empresariais alinhadas às
questões de sustentabilidade, especialmente sob a perspectiva do ESG (Ambiental,
Social e Governança). Nesse sentido, o projeto se revela como uma oportunidade
ímpar para os empresários locais não apenas compreenderem as tendências do
mercado, mas também se capacitarem para implementar medidas que promovam a
competitividade e a resiliência de seus negócios, em consonância com os princípios do
desenvolvimento sustentável.
Portanto, diante do desafio imposto pela neoindustrialização brasileira, o Roteiro
Indústria Conectada assume um papel crucial como agente de transformação e
catalisador do progresso econômico regional. Ao proporcionar um ambiente propício
3
para o compartilhamento de experiências, expertise e boas práticas, o projeto não
apenas fortalece os laços entre os diversos atores do ecossistema empresarial, mas
também impulsiona a inovação e a competitividade de forma sustentável, alinhada
com as demandas e expectativas do mercado contemporâneo.
O Roteiro Indústria Conectada não apenas impulsiona a competitividade das empresas
participantes, mas também contribui significativamente para o desenvolvimento
sustentável da região. A colaboração entre as empresas de grande porte e os atores do
ecossistema de inovação local não apenas abre portas para novas oportunidades de
negócios, mas também fomenta um ambiente propício para a cocriação e
implementação de soluções inovadoras e sustentáveis.
O apoio dos ecossistemas de inovação da região metropolitana de Curitiba, em
conjunto com a expertise do Sebrae Paraná, confere ao projeto uma base sólida e uma
oportunidade única de sucesso. A combinação desses recursos e conhecimentos
proporciona o suporte necessário para orientar as empresas participantes na adoção
de práticas mais competitivas e alinhadas com os princípios do desenvolvimento
sustentável, especialmente no contexto das crescentes demandas por responsabilidade
ambiental, social e governança corporativa (ESG).
Alicerçado na troca de conhecimentos e experiências entre empresas de grande porte
e atores do ecossistema de inovação local, os objetivos do Projeto Roteiro Indústria
Conectada são multifacetados.
Objetivo Geral
Promover a integração e o aprendizado entre empresários de micro e pequeno
porte e as indústrias de grande porte em uma cidade específica.
4
Objetivos Específicos
Promover a troca de conhecimentos e experiências entre empresas do setor
industrial e atores do ecossistema de inovação.
Proporcionar um ambiente de aprendizado e networking para os participantes,
incentivando a colaboração e o compartilhamento de boas práticas.
Estimular a adoção de tecnologias e práticas de gestão inovadoras nas empresas
participantes.
O Roteiro Indústria Conectada será realizado em etapas, conforme descrito abaixo:
1. Identificação das Indústrias de Grande Porte Parceiras:
o Pesquisa e seleção de indústrias de grande porte, considerando setores
estratégicos para a região.
o Contato com as indústrias para apresentação do projeto e convite para
participação.
2. Material de Comunicação:
o Elaboração de material de apresentação do Roteiro (Carta Convite, Card Save
The Date, Formulário de Inscrição).
3. Cronograma de Visitas Técnicas:
o Definição de um calendário para as visitas técnicas, considerando a
disponibilidade das indústrias parceiras e dos empresários participantes.
o Estabelecimento de uma periodicidade que permita a realização de três visitas
ao longo do projeto, em cada ecossistema de inovação (São José dos Pinhais,
Araucária e Pinhais).
4. Seleção e Inscrição de Empresários Participantes:
o Divulgação do projeto entre empresários de micro e pequeno porte, além de
outros atores do ecossistema.
5
o Processo de inscrição e seleção dos empresários interessados em participar
das visitas técnicas.
5. Desenvolvimento das Visitas Técnicas:
o Estruturação de um roteiro para cada visita, destacando os pontos de interesse
e os aspectos relevantes para os participantes.
6. Avaliação e Feedback:
o Coleta de feedback dos empresários participantes e das indústrias âncoras,
após cada visita técnica.
o Avaliação do impacto do projeto na promoção de parcerias, aprendizado
mútuo e possíveis melhorias para edições futuras.
7. Divulgação e Promoção do Projeto:
o Elaboração de relatório executivo, descrevendo informações sobre a empresa
âncora e participantes, assim como apresentar depoimentos e lições
aprendidas.
o Elaboração de estratégias de divulgação para atrair a atenção dos empresários
locais e garantir a participação ativa no projeto.
o Uso de mídias sociais, parcerias com entidades empresariais locais e eventos
de networking para promover o Roteiro Indústria Conectada.
Principais resultados esperados do Roteiro Indústria Conectada:
1. Estabelecimento de parcerias estratégicas entre empresas de diferentes portes.
2. Integração efetiva das práticas de inovação e tecnologia nas operações industriais
locais.
3. Aumento da competitividade das empresas participantes no mercado.
4. Melhoria da eficiência operacional e otimização dos recursos.
5. Adoção de medidas sustentáveis alinhadas aos princípios de ESG.
6
6. Fortalecimento do ecossistema de inovação local e regional.
7. Contribuição para o desenvolvimento econômico e social do município.
Há uma expectativa alcançar uma série de resultados tangíveis e intangíveis que
impulsionarão o crescimento e a sustentabilidade do setor industrial local. Através do
estabelecimento de parcerias estratégicas entre empresas de diferentes portes, esperase fomentar um ambiente colaborativo e propício para a troca de conhecimentos e
experiências.
Isso resultará na integração efetiva das práticas de inovação e tecnologia nas operações
industriais locais, aumentando assim a competitividade das empresas participantes no
mercado. Além disso, a melhoria da eficiência operacional e a otimização dos recursos
contribuirão para a redução de custos e o aumento da produtividade.
Ao mesmo tempo, a adoção de medidas sustentáveis alinhadas aos princípios de ESG
não só fortalecerá a imagem das empresas, mas também promoverá o
desenvolvimento socioambiental da região. O fortalecimento do ecossistema de
inovação local e regional será um legado duradouro do projeto, impulsionando ainda
mais o desenvolvimento econômico e social do município a longo prazo.
O Roteiro Indústria Conectada representa uma oportunidade única para
promover a colaboração e o compartilhamento de conhecimentos entre
empresas de grande porte e atores do ecossistema de inovação local. Ao final
do projeto, espera-se que os participantes estejam mais preparados para
enfrentar os desafios do mercado e contribuir para o desenvolvimento
sustentável da região em que os atores envolvidos atuam.

Categorias
Todos

ARAUCÁRIA – 134 ANOS!!

Parabéns Araucária pelos 134 anos! Cidade privilegiada por seu povo trabalhador, pelo empreendedorismo local, destaque no agro e no pujante polo industrial!

Categorias
Todos

SAÚDE MENTAL NO TRABALHO COM DR.GERALDO CELSO ROCHA

AECIAR realizará no próximo dia 08 de Fevereiro, ás 14h Palestra sobre Saúde Mental no Trabalho,  com o PROF. DR. GERALDO CELSO ROCHA, Médico do Trabalho/Perito Judicial/ Professor de Medicina, Direito, Engenharia de Segurança do Trabalho e pós graduações em Saúde e Segurança do Trabalhador e Perícias Médicas da UFPR, PUC, Evangélica e Escola da Magistratura;
Palestrante em congressos e simpósios;
Diretor da APAMT – Associação Paranaense de Medicina do Trabalho;
Diretor técnico da FGM Clínica da Saúde do Trabalho

 

Imperdível! Participem conosco!!

 

Categorias
Todos

LOCAÇÃO SALA ANEXO AECIAR

A AECIAR oferece espaço para locação, anexo ao prédio principal, com estacionamento e segurança. Medindo 150mts com banheiro, ar condicionado e amplas portas e janelas.
Está a disposição para visitas.

Aluguel direto com a AECIAR.

Outras informações no tal/WhatsApp : (41) 3643-3355

 

 

Categorias
Todos

SAUDE MENTAL – A VIDA PEDE EQUILÍBRIO

No primeiro mês do ano – janeiro – temos o costume de refletir sobre nossa história, o sentido e o propósito da vida. Também pensamos sobre a qualidade de nossos relacionamentos, revisitamos nossas emoções, nossos últimos desafios da vida, pensamentos e comportamentos. E foi considerando isso que o mês de janeiro foi escolhido para representar a saúde mental no Brasil, tornando-se o “Janeiro Branco“.

 

Muitas pessoas, quando pensam no tema “Saúde Mental” acabam na verdade fazendo uma associação com “Doença Mental”. Entretanto, a saúde mental implica muito mais que a ausência de doenças mentais.

Estar mentalmente saudável, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é o estado de bem-estar no qual uma pessoa consegue desempenhar suas habilidades, lidar com as inquietudes da vida, é capaz de trabalhar de forma produtiva e contribuir para a sua comunidade.

Um indivíduo mentalmente saudável compreende que não existe a perfeição e que todos os seres humanos possuem limites. Também compreende que a vida real é regada de diversas emoções, como por exemplo: alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração.

Além disso, são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida.

Resumindo, a Saúde Mental de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e como lida com os seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções.

 

FONTE:Texto adaptado do site www.ostomais.com

© Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT

 

Categorias
Todos

5° ANIVERSÁRIO DA CERTIPAR – 25 DE SETEMBRO

Ao longo desses cinco anos,  a CERTIPAR alcançou marcos notáveis, crescendo e prosperando de maneira excepcional.

Neste dia especial,  a CERTIPAR expressa gratidão a todos os membros dedicados da equipe que desempenharam um papel fundamental nessa jornada de sucesso. “Cada um de vocês contribuiu de forma significativa para o crescimento e a excelência da Certipar.”

Que esta data seja apenas o começo de uma jornada contínua de sucesso, crescimento e realizações para a Certipar.

A AECIAR parabeniza a CERTIPAR  e seus colaboradores!

Categorias
Todos

PARABÉNS AECIAR

Há 40 anos atrás, cidadãos desse Município, fundaram a AECIAR – Associação das Empresas da Cidade Industrial de Araucária!
Ao longo do tempo a AECIAR foi conduzida por pessoas comprometidas com o associativismo, que acreditam que estarem unidas por um propósito ainda é a melhor escolha.
Parabéns a todos que construíram essa história! Parabéns a atual gestão e a todos que por aqui passaram!
Parabéns Aeciar!!